Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2008

Bofe para o cachorro

Ontem, dia 26, o BOM DIA publicou no espaço “Sua palavra” a carta do aposentado Amâncio Ferrari intitulada “Sufixos do Romildo”.
Nela, o autor lembrava-se de, quando criança, na década de 1930, ir comprar, a pedido da mãe, “500 réis de fígado para a 'misturinha' do almoço e 200 réis de bofe para o cachorro”. Logo em seguida, ele diz não saber até hoje de que parte do boi vem o bofe.
Senhor Amâncio, o bofe é o pulmão. No plural, “bofes” significa o conjunto de vísceras de um animal.
Hoje em dia, bofe tem outros sentidos. O dicionário “Houaiss” aponta vários, mas os mais conhecidos são: pessoas sem atrativos físicos, feias; meretriz em decadência física; na linguagem dos homossexuais, o indivíduo do sexo masculino; e temperamento, gênio.
Há também as locuções. Veja: abrir os bofes é começar a berrar; custar os bofes é custar muito caro; pôr os bofes pela boca é o mesmo que estar ofegante, mostrar-se muito cansado; e ter bons bofes é ter bons pulmões, voz possante.

Aterrissar ou aterrizar?

As duas formas são corretas e igualmente usadas. No dicionário “Houaiss”, ao consultarmos o sentido de “aterrizar”, somos indicados a ir ao verbete “aterrissar”. Seu significado é pousar, descer, chegar e também “cair estendido, sobre qualquer coisa, após queda ou tombo”. Em tempo: não há forma com “z” para o substantivo aterrissagem.

Pit-bull ou pit bull?

As duas formas constam na língua portuguesa, mas a segunda é, de longe, a mais usada. O Volp (“Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa”), da Academia Brasileira de Letras, registra com hífen; no entanto, no mundo virtual e no real, dicionários, jornais e revistas escrevem sem hífen, sejam eles especializados ou não em cães e na raça específica. Isso consagrou a grafia sem hífen. O plural é pit bulls.

Fatigar ou fadigar?

As duas formas são corretas e estão nos dicionários, mas a primeira é, sem dúvida, a mais usual. A forma fadigar é uso raro. Ambas significam levar ao estado de fadiga, cansar, causar enfado, enfastiar. O dicionário “Houaiss” apresenta o verbo extenuar como sinônimo e os verbos descansar e repousar como antônimos.

Bijuteria ou bijouteria?

A primeira forma é a correta. Do mesmo modo que se escreve abajur (e não “abajour”), a palavra bijuteria é registrada pelo dicionário “Houaiss” sem a letra “o”, presente só na palavra francesa da qual se originou. Bijuteria e abajur também estão com essa grafia no Volp (“Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa”), da Academia Brasileira de Letras. Outra forma de escrever bijuteria é bijutaria.

O verbo pontuar

Além de tirar dúvidas e esclarecer casos mais complicados que a nossa língua apresenta, é sempre oportuno comentar neste espaço o uso que a imprensa faz de algumas palavras.
O verbo pontuar é um que tem sido muito usado no sentido de salientar, ressaltar, destacar, realçar e enfatizar.
Todos esses verbos são citados como sinônimo de pontuar, no entanto nenhum deles está no dicionário “Houaiss”. São eles: 1- usar sinais de pontuação; 2- assinalar com gestos ou exclamações distribuídos pelo tempo de duração de uma ocorrência; pontilhar; e 3- “fazer as vezes de complemento de; associar-se a, acompanhar”.
Pontuar não é, então, usado no sentido adequado. Já pontualizar significa assinalar, caracterizar e destacar ou diferenciar por traços particulares. Sentidos mais próximos do pontuar erroneamente usado pela imprensa.
O esperado é que a palavra esteja adequada ao contexto. Assim, sem complicar a leitura, os textos noticiosos ficam mais ricos e precisos.