Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

O toalete ou a toalete?

As duas são possíveis, mas há diferenças no significado.
O toalete refere-se ao banheiro, ao "aposento sanitário", de acordo com o Houaiss.
A toalete, de acordo com o mesmo dicionário, pode ser o ato de se lavar, pentear, maquilar e vestir para determinadas ocasiões; pode ser o vestuário (geralmente o feminino); e pode ser ainda a raspagem de pelos de partes do corpo a serem operadas.
O Volp não registra toalete como substantivo masculino, mas esse uso já muito difundido.

"Tratar sobre"

Atendendo ao pedido da Angelina Rodrigues Mota, comento a regência que lhe causa dúvida: tratar sobre.

O dicionário de regência verbal do Luft registra a forma "tratar sobre" com o mesmo sentido de "tratar de" e comenta: "A regência primária é tratar de; a prep. sobre aparece por causa dos traços 'referência, assunto', 'base': cf. falar, discorrer, debate... sobre...".*

Falar sobre, discorrer sobre e debater sobre influenciaram a regência do verbo tratar, criando um tratar sobre (que faz sentido e entendemos bem). Esse fenômeno já foi identificado pelos gramáticos e registrado em dicionários — aparece no Houaiss e em outras obras de consulta. Assim, podemos considerar uma regência aceitável pela norma culta.

Além da preposição "sobre", pode-se usar "de", "com" e "por", dependendo do sentido atribuído ao verbo em questão.


* LUFT, Celso Pedro. Dicionário prático de regência verbal. São Paulo: Ática, 20…

"Oque" ou "o que"?

A segunda forma é a correta.
O que dizer da forma "oque"? Até agora não sei. Passei muitos meses olhando para esse rascunho de postagem sem saber o que dizer.
Que não existe? O quê? E isso lá é argumento? Existe sim, já vi escrito.
Que "o que" pode ser substituído por "aquilo que" – e nunca vai ser escrito "aquiloque". Será que assim ajuda?
Só criei essa postagem porque vi algumas pessoas escrevendo tudo junto... algumas vezes. Constatei: tem muita gente achando que é uma palavra só! :-O
O que acontece? Não sei.
Será que a gente fala e escreve tanto o que vem na cabeça, que soa como uma palavra só?
Ai, crise existencial.

Só nesse post, 6 vezes escrevi "o que". Sete. Que overdose de "o que". Oito.