Pular para o conteúdo principal

Postagens

Vocês ou voceis?

A primeira forma é a correta de escrever a palavra.
A dúvida é pertinente, já que na fala aquele "i" aparece, e a gente ouve "voceis" mesmo. Em contextos muito informais, ouvimos até "ceis" (ceis vão lá? – perfeitamente compreensível, não?). MAS... na hora de escrever, é preciso saber que a palavra é "vocês".

A você ou à você?
A todos vocês ou à todos vocês?
Leia aqui.

Você ou voçê?
Leia aqui.
Postagens recentes

Absolver ou absorver?

As duas formas estão corretas, mas cada uma tem um significado diferente.
Absorver é o mesmo que fazer desaparecer (algo) por incorporação ou assimilação; embeber, aspirar. Exemplos: O pano absorveu todo o líquido derramado. Mesmo o curso sendo tão denso, eu consegui absorver os conceitos princiapais.
Já absolver é o ato de inocentar, isentar (alguém) da penalidade que corresponde a uma culpa. Exemplo: O juiz não absolveu o réu.

Salário mínimo ou salário-mínimo?

As duas formas existem.
Salário mínimo (substantivo + adjetivo) é a menor remuneração mensal que o empregador pode pagar ao empregado. Esse valor é determinado pelo governo e sofre reajustes anuais. Podemos dizer apenas "mínimo". Exemplos: O salário mínimo é de R$ 937,00 em 2017. Eles recebem o três salários mínimos. É impossível viver com o mínimo no valor em que está.
Já salário-mínimo (substantivo composto) refere-se ao trabalhador que recebe o salário mínimo, conforme o Dicionário Houaiss e o Aulete Digital. Por extensão de sentido, é o trabalhador mal remunerado. Exemplo: Os salários-mínimos daquela empresa não serão demitidos. (Um exemplo fictício, porque não encontrei esse uso na mídia, já que há um sentido depreciativo que pode ser julgado como preconceituoso.)

Choveu granizo ou granito?

A primeira forma é a mais correta para se referir aos grãos de gelo que caem junto com a chuva. É a chuva de pedra, em linguagem corrente.
Entretanto, granito também pode significar grãozinho, grânulo. Assim, de certa forma, dizer chuva de granito não é gramaticalmente incorreto, apenas esquisito, já que o sentido mais conhecido de granito é o da rocha: pisos de granito são bonitos, não?

Putrefato ou putrefado?

Apenas a primeira é a forma correta.
Putrefato, adjetivo, caracteriza o que apodreceu, o que está podre, em estado de putrefação. Exemplo: Ninguém recolheu aquele lixo putrefato, mesmo depois de muitos dias lá fedendo.
O verbo é putrefazer, seu particípio passado é putrefeito. Exemplo: Se a coleta de lixo for suspensa, em poucos dias aqueles sacos de resíduos orgânicos estarão putrefeitos. O lixo precisa ir para o aterro antes de ficar putrefato.

Vultoso ou vultuoso?

As duas palavras existem, mas têm sentidos diferentes.
Vultoso significa volumoso, muito grande, de grande importância, considerável. Exemplos: O evento gera vultosos recursos, advindos das diversas atrações oferecidas. Ele gastou uma vultosa soma em dinheiro para construir sua casa.
Já vultuoso, palavra usada na área médica, refere-se à pessoa acometida de vultuosidade, que é o estado do rosto quando as faces e os lábios estão vermelhos e inchados, e os olhos salientes, conforme explicam os dicionários eletrônicos Houaiss e Michaelis. Exemplo: Veja como seu rosto está vultoso, com lábios vermelhos e inchados e olhos salientes. Procure um médico.
Vultoso e vultuoso são palavras parônimas, muito semelhantes na escrita e/ou na pronúncia, mas não significam a mesma coisa.

A beliche ou o beliche?

A segunda forma é a correta, conforme as obras de referência na língua portuguesa do Brasil.
Beliche, ou cama-beliche, primeiro nomeou o compartimento no alojamento do navio onde ficavam as camas de passageiros ou tripulantes. Por extensão de sentido, passou a ser o nome do camarote, dos leitos estreitos superpostos e por fim o conjunto de camas montadas uma sobre a outra. Exemplo: O quarto do albergue é espaçoso, acomoda 16 pessoas nos 8 beliches de ferro.