Pesquisar neste blog

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Incipiente ou insipiente?

As duas formas existem, mas têm significado diferente.
Incipiente, com "c", é o que está no início, o principiante. É um adjetivo de dois gêneros, ou seja, não varia em masculino e feminino. Exemplos: conhecimentos incipientes (= conhecimentos iniciais); professor incipiente (= professor iniciante, com pouca experiência); "[A Armênia é] Um país de futebol incipiente, que nunca participou da Eurocopa ou Copa do Mundo e cuja seleção ocupa a 66ª colocação no ranking da Fifa." (Folha de S.Paulo, 14/7/2013, neste link).
Já insipiente, com "s", é o que não tem saber, não tem sapiência. É o contrário de sábio. Também pode significar simplório, tolo e até sem juízo. Também é um adjetivo de dois gêneros. Exemplos: pessoa insipiente (= pessoa simplória, tola, ignorante); aquele programa X da TV, que já foi respeitável, hoje é insipiente.

(Texto alterado em 22/7/2013 para acréscimo de exemplos.)

5 comentários:

Os Devaneios de Quimera |g* disse...

Tão bom visitar o blog!
=)

Parabéns pelo trabalho!

Grande abraço!

Jakeline Magna disse...

adoreiii o blog altas dicas... continueeee...

Telma Iara disse...

Obrigada!
Continuarei ;)
Mandem sugestões também :)

Mariana Xavier disse...

Gostei do blog mas faltou alguns exemplos!!

Telma Iara Mazzocato disse...

Vou acrescentar, Mariana! Obrigada.