Pesquisar neste blog

sábado, 21 de novembro de 2009

Por causa ou por causo?

A primeira forma é a correta na norma culta. A estrutura é "por causa de".
Na língua falada, principalmente por pessoas de menor escolaridade, percebe-se que causa vira causo quando a palavra depois da preposição "de" é masculina: "A árvore caiu por causo do vendaval".
Na norma culta, falada ou escrita, não importa o que vem depois, é sempre "por causa de". Causa significa motivo, razão; já causo é o mesmo que caso, conto, história.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Incerto ou inserto?

As duas palavras existem, mas têm significados diferentes.
Incerto é o mesmo que duvidoso, não certo, impreciso, variável, desconhecido, vago. Exemplos: Humor incerto. Desprezar o certo pela esperança do incerto. Visita incerta.
Já inserto é o que foi inserido, incluído, introduzido; forma vinda do verbo insertar (inserir). Inserto também é o nome dado a peças que se inserem em outras peças, na área de mecânica. Exemplos: Panfletos insertos no jornal. Foram criados insertos destinados ao reforço e recuperação de roscas.