Pesquisar neste blog

domingo, 27 de maio de 2007

Casos de homonímia (6)

1. Expectador e Espectador
"Expectador" é aquele que permanece na expectativa, conforme define o "Houaiss". Já "espectador" é aquele que assiste a um espetáculo; aquele que presencia um fato; uma testemunha, alguém presente; aquele que observa ou examina. Para não confundir a grafia das duas palavras, basta pensar que quem assiste a um espetáculo é um espectador e quem tem expectativa é um expectador.
2. Houve e Ouve
"Houve" é a forma do verbo "haver" conjugada na terceira pessoa do singular no tempo pretérito perfeito. A palavra "ouve" é a forma do verbo "ouvir" conjugada na terceira pessoa do singular do tempo presente.

Veja a continuação: Casos de homonímia (7).

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Casos de homonímia (5)

1. Espiar e Expiar
“Espiar” é observar secretamente, olhar às escondidas, espreitar (“Grupo vai espiar cidades para implantar câmeras”). Também pode significar olhar, dar uma espiadela (“Gosta de ficar à janela espiando as pessoas que passam na rua”). Já “expiar” tem o sentido de sofrer as conseqüências de algo, remir(-se), tornar(-se) puro (“Expia, na pobreza, a vida dissipada de outrora”).
2. Intercessão e Interseção
“Intercessão” é o ato de interceder, é a intervenção (“A intercessão dele na briga foi para evitar uma tragédia”). Já “interseção”, ou intersecção, significa cruzamento, o encontro de duas linhas ou dois planos que se cortam; o ponto desse encontro.

Veja a continuação: Casos de homonímia (6).

domingo, 20 de maio de 2007

Casos de homonímia (4)

1. Apreçar e Apressar
“Apreçar”, além de significar apreciar, ter apreço por algo ou alguém, conferir grande valor a, tem o sentido de perguntar, discutir ou ajustar o preço de algo. Já “apressar” é o mesmo que acelerar o ritmo, antecipar, abreviar, fazer com que algo se realize ou ocorra mais cedo.
2. Conserto e Concerto
“Conserto” significa restauração ou recomposição de algo rasgado, deteriorado, quebrado etc. Também pode ser a reforma do que está malfeito ou precisa de ajuste; emenda. Já “concerto” é o mesmo que audição, recital, consonância de vozes e/ou de sons. Também significa combinação, acordo entre pessoas ou entidades em vista de um objetivo.

Veja a continuação: Casos de homonímia (5).

domingo, 13 de maio de 2007

Casos de homonímia (3)

1. Acessório e Assessório
“Acessório” é o que se junta ao principal, adicional, anexo. Por extensão de sentido, significa aquilo que tem importância menor, secundário, dispensável. No campo semântico da gramática, acessório é o termo que se liga a um nome ou a um verbo a fim de precisar-lhes o sentido. Já “assessório” é o que é referente ou pertencente a assessor; que é da alçada do assessor.
2. Cerrar e Serrar
“Cerrar” é unir duas ou mais partes, inibindo a passagem de ar, luz, pessoa, etc. Também tem o sentido de obstruir. Já “serrar” significa cortar com serra ou serrote ou, no uso informal, significa conseguir algo de graça, usando certa habilidade.

Veja a continuação: Casos de homonímia (4).

quarta-feira, 9 de maio de 2007

Casos de homonímia (2)

1. Acento e Assento
“Acento” é um substantivo que significa destaque, relevo, realce que uma sílaba ou palavra têm em comparação a outras (acento tônico). É o sinal gráfico que indica como deve ser pronunciada uma vogal quanto à tonicidade ou quanto ao timbre. Já “assento” refere-se primeiramente à superfície sobre a qual se senta.
2. Cheque e Xeque
“Cheque” é o documento por meio do qual o titular de uma conta-corrente emite ordem para o banco pagar ou transmitir certa quantia a favor de uma pessoa. Já “xeque”, pode se referir ao chefe muçulmano de um território e também a um acontecimento que representa ameaça; situação perigosa.

Veja a continuação: Casos de homonímia (3).

domingo, 6 de maio de 2007

Casos de homonímia (1)

São chamadas de homônimas as palavras idênticas na escrita e/ou na pronúncia, mas que têm significados diferentes. Os homônimos de grafia idêntica são chamados de homógrafos, e os de pronúncia idêntica, homófonos. Publicaremos aqui, a partir de hoje, casos de homônimos homófonos – pronúncia idêntica e grafia muito semelhante.

1. Acender e Ascender
A primeira acepção de “acender” no “Houaiss” é atear fogo. Por derivação de sentido pode significar: irromper, produzir(-se) de repente (“Acendeu-se o conflito entre EUA e Iraque”); pôr em funcionamento (“Acendi a luz do quarto”). Já “ascender” significa mover-se fisicamente para cima, subir; também tem o sentido de elevar-se em dignidade, cargo, etc.
2. Cassa e Caça
De acordo com o “Houaiss”, “cassa” significa tecido fino, transparente, de linho ou de algodão. Essa palavra também pode ser o verbo cassar, que significa anular, conjugado na 3ª pessoa do singular. Já “caça”, é o substantivo do verbo caçar, também pode ser o objeto da caça.

Veja a continuação: Casos de homonímia (2).