Pesquisar neste blog

domingo, 24 de dezembro de 2006

A palavra “Natal”

Todos sabemos o que se comemora no Natal, o seu sentido, e que ele desperta nas pessoas bons sentimentos, às vezes esquecidos ao longo do ano. Mas como essa palavra tão lida, escrita e dita chegou a nossa língua? Qual é o seu significado? Em que contextos é usada? Vamos entender como isso funciona.

1. “Natal” é uma palavra de origem latina. Em latim, havia a expressão “dies natalis” ou “natalis”, que significava o dia de nascimento de alguém. A forma reduzida “natalis” passou por uma mudança fonética (de som) ao longo do tempo e chegou a nossa língua como “natal”.

2. Os dicionários registram essa palavra como adjetivo e como substantivo.
3. Como adjetivo, “natal” significa o que é relativo ao nascimento (“terra natal”).

4. Como substantivo, significa o dia do nascimento ou um cântico natalino de origem medieval. Escrito com letra maiúscula, “Natal” refere-se à festa do nascimento de Jesus, celebrada no dia 25 de dezembro.

5. A palavra “natal” deu origem a “pré-natal” (“exame pré-natal”, “fazer o pré-natal”); “neonatal”, relativo ao primeiro mês de vida; “neonato”, o mesmo que “recém-nascido”; “natalício”, que se refere ao dia do nascimento.

6. Já de “Natal” originou-se o adjetivo “natalino”, que significa o que é relativo ao Natal. Falando nisso, Feliz Natal!

Nenhum comentário: